quinta-feira, 12 de julho de 2018


Os amigos têm de ser inúteis. Isto é, bastarem só por existir e, maravilhosamente, sobrarem-nos na alma só por quem e como são. O porquê, o onde e o quando não interessam. A amizade não tem ponto de partida, nem percurso, nem objetivo. É impossível lembrarmo-nos de como é que nos tornámos amigos de alguém ou pensarmos no futuro que vamos ter. 
A glória da amizade é ser apenas presente. É por isso que dura para sempre; porque não contém expectativas, nem planos, nem ansiedade… 
🙏

quinta-feira, 14 de junho de 2018

Aprendi o quê?

Aprendi que se levam anos para se construir confiança e apenas segundos para destruí-la. Aprendi que verdadeiras amizades continuam a crescer, mesmo a longas distâncias. Aprendi que eu posso fazer, em instantes, coisas das quais me arrependerei pelo resto da vida.
Aprendi que o que importa não é o que eu tenho na vida, mas quem eu tenho na vida. Aprendi que os membros da minha família deverão os "amigos" que não me permitiram escolher. Aprendi que não tenho que mudar de amigos, e, sim, compreender que os amigos mudam.
Aprendi que as pessoas com quem eu mais me importava na vida me foram tomadas muito depressa. Aprendi que devo deixar sempre as pessoas que amo com palavras amorosas, pois pode ser a última vez que as vejo ou ouço. Aprendi que as circunstâncias e o ambiente têm influência sobre mim, mas eu sou responsável por mim mesma.
Aprendi que não 
 me devo comparar aos outros, mas com o melhor que posso fazer. Aprendi que não importa até onde eu chegue, mas para onde vou. Aprendi que não importa quão delicado e frágil seja algo, sempre existem dois lados.

Lá no fundo... nada aprendi...




segunda-feira, 4 de junho de 2018

                XVI Feira do Vinho e da Gastronomia de Cordinhã 

E no dia 3 de Junho levei o meu já " velhinho" pai almoçar à Feira do Vinho e da Gastronomia de Cordinhã, a qual  congrega num mesmo espaço o bom vinho produzido pelos vitivinicultores locais, o artesanato ligado ao vinho e à vinha, os quadros alegóricos de antigas vivências sociais preparados pelos ranchos folclóricos e as tasquinhas, onde as associações recuperam algumas das antigas receitas que caracterizam a rica gastronomia da freguesia.


VII Capítulo da Confraria Aromas e Sabores Gandareses


E foi no dia 2 de Junho que se realizou mais um capítulo da Confraria da Gandara. A Gandara é uma região que se situa entre Quiaios e Mira. Tratando-se de um terreno infértil e inóspito, os homens transformaram - no num naco de terra produtivo onde a vegetação abunda.Fertilizaram os campos arenosos tornando-os produtivos, criaram uma barreira verde plantando várias espécies junto ao mar, permitindo alguma protecção das culturas dos ventos fortes e corrosivos do mar, e procuraram culturas que se adaptassem às condições geográficas daquele inóspito local.

Foi este apego e este orgulho que levaram à constituição da Confraria dos Aromas e Sabores Gandareses há uma década por um grupo de tochenses. A gastronomia local, rica na diversidade e na qualidade, deu o mote para a constituição desta confraria sediada na Tocha.



Também não faltou a animação

 Em Terras Gandaresas nasceu uma gastronomia rica, diversa e suculenta que mostra a arte e o engenho das gentes que ali cresceram. A ligação ao mar faz-se sentir pelas sardinhas assadas na telha, pela caldeirada de peixe, pela raia de pitau, pelo robalo ao sal e pelo bom peixe cozinhado de tantas e diversas formas. A ligação à terra sente-se na broa de milho, na sopa gandaresa, nas favas, no carneiro de casamento e nas inúmeras maneiras de cozinhar os produtos da terra e os animais de capoeira. São sabores fortes e intensos, é uma gastronomia de peso que sustentava o esforço de um trabalho árduo nas terras ou no mar.



💗💗💋😎😍


quinta-feira, 31 de maio de 2018

Fatos históricos do dia 30 de maio



Joana D'Arc é queimada
Filha de camponeses, se dizia inspiradapor Deus. Contribuiu de forma decisiva, mudando o rumo da Guerra dos Cem Anos, entre França e Inglaterra. Em 30 de maio de 1431, os ingleses a condenaram à morte na fogueira, sob a acusação de bruxaria. 



1265 
-Nasce Dante Alighieri, poeta italiano.


1593 -Morre Christopher Marlowe, dramaturgo inglês.

1778 -Nasce Francisco María Arouet, Voltaire, escritor francês.


1814 - O Tratado de Paris reconhece a República Dominicana como possessão espanhola.

1815 - José Gaspar Rodríguez Francia se proclama ditador perpétuo e chRedação Terra da Igreja no Paraguai.
1818 -Promulgada primeira constituição argentina.

1898 -Nasce Howard Hawks, diretor norte-americano de cinema.

1906 - Inaugurado túnel de Simplom nos Alpes, o que facilitou a comunicação entre a Itália e a Suíça.

1912 - Nasce Julius Axelrod, neuroquímico norte-americano, prémio Nobel de Medicina em 1970.


1915 - Expropriação de bens, deportação e matança de arménios na Turquia.

1918 - A guerra civil cresce na Rússia. O governo dos soviets perde o controle da maior parte do país.

1920 - Canonização da heroína francesa Joana D'Arc, que foi queimada na fogueira em Rouen, neste dia, em 1431.


1926 - Triunfa o pronunciamento de Braga, encabeçado pelo general Gomes da Costa, que dá início a um regime militar em Portugal.

1934 - É firmado um tratado entre Estados Unidos e Cuba, que inclui a abolição da emenda Platt e outorga a independência total da ilha.

1940 - O governo da Bélgica suspende as funções do rei Leopoldo III, alegando conduta inconstitucional.

1942 - Segunda Guerra Mundial: mil aviões britânicos bombardeiam a cidade alemã de Colônia.
1945 - Um bombardeio inglês destrói a base de Peenemunde, onde os alemães fabricavam as famosas V-2.

1948 - Syngman Rhee é nomeado presidente da Assembléia Nacional sul-coreana.

1960 - Morre Boris Pasternak, escritor russo, ganhador do Prêmio Nobel 1958.
1961 - Assassinado a tiros o ditador dominicano Rafael Leónidas Trujillo.


1967 - Independência de Biafra, território oriental da Nigéria.
1972 - O presidente norte-americano Richard Nixon e as autoridades russas firmam em Moscou os acordos SALT, sobre limitação de armas nucleares.
1981 - É assassinado o presidente de Bangladesh, Ziaur Rahman, em um golpe separatista dirigido pelo general Manzur.
1986 - A quinta Encíclica do papa João Paulo II, entitulada Dominum et vivificantem é apresentada oficialmente no Vaticano.
1990 - Terremotos no Peru e Romênia deixam dezenas de mortos.
1992- A ONU decreta um embargo total contra a Sérvia e Montenegro.
2001 - O parlamento indonésio decide processar o presidente Abdurrahman Wahid em meio a violentos conflitos no país.

Redação Terra




segunda-feira, 21 de maio de 2018

SER CRIANÇA NO SÉC.XXI



De Norte a Sul, nos Açores e na Madeira, são milhares de pessoas que, todos os dias dão o seu melhor, trabalham de forma discreta, quase invisível e, a  maior parte das vezes, incompreendida.
Durante três dias, novos desafios, novos problemas e também novas soluções, foram os assuntos desenvolvidos.
Os tempos que vivemos requerem uma atenção redobrada às nossas crianças. Às ameaças de sempre, dos maus à negligência, da violência fíica à sexual, juntaram-se novos perigos, escondidos em ecrãs de televisão, computador ou telemóveis, e ada vez mais diversificadas estruturas familiares, a reclamarem muito bom senso e um incondicional amor aos filhos.
Apoiar as famílias, orientá-las, ajudá-las a melhorar na defesa e proteção dos seus mais novos, promovendo desde logo a parentalidade positiva e a co-paretalidade, também uma das funções essenciais da CPCJ.

Trabalhar com a comunidade, estimulando parcerias da rede social e sensibilizando tudo e todos para a importância de prevenir, detetar e corrigir situações de risco para as crianças e jovens, incluindo no âmbito da violência doméstica, é ainda outra das tarefa da CPCJ. E é por isso,  porque é imensa  a sua missão, precioso o seu trabalho e difícil a sua atuação, encontros como este, de partilha de experiências, de reflexão conjunta e de avaliação interpares, são cruciais.

Um melhor amanhã para as nossas crianças depende, em muito, das boas práticas.



Eduardo Sá e Isabel Stilwell...


A imagem pode conter: uma ou mais pessoas, tela e área interna

Assim foi o 1.º dia 







quinta-feira, 17 de maio de 2018



Relativamente às tristes noticias dos dois últimos dias que fazem de Portugal um país do sub mundo quando se trata de futebol (outrora um DESPORTO), apraz-me dizer apenas o seguinte e digo-o convictamente:
Sugiro que obriguem o "dirigente" a frequentar um Jardim de Infância durante um ano lectivo completo e sem direito a "faltas"...Acredito que iria sair dessa experiênca muito enriquecido em Valores, em Saber Ser e Saber Estar, a desenvolver o respeito pelos outros, as suas capacidades de partilhar, de canalizar as suas frustrações para actividades que valorizassem a comunidade e o grupo. As crianças, suas colegas e as rotinas diárias iriam dar-lhe lições de vida insquecíveis! A auto e heteroavaliação seria diária, através de instrumentos de pilotagem adequados. Como actividades obrigatórias e extracurriculares teria de frequentar aulas de yoga, intercaladas com momentos de reflorestação com espécies autoctones num perímetro de 150 km do seu concelho.
PS: os orgãos de comunicação social apenas iriam acompanhá-lo no primeiro e no último dia de aulas ( actividades) e teria de pagar propinas para frequentar tão nobre espaço escolar

sábado, 14 de abril de 2018


Sempre que o dia 13 coincide com a sexta feira…

Bruxas, sapos e demónios: o azar em Montalegre enfrenta-se com festa que tem Padre Fontes como protagonista, a esconjura da queimada é o ponto alto do evento.

As fachadas são enfeitadas com figuras de bruxas

A animação é feita por conjuntos musicais que passeiam gaitas-de-foles, tarolas e bombos e espalham pela vila esse som que remete para tempos ancestrais
 




 
 



 

 


 

 
 
Padre Fontes
 
Esconjuro de Padre Fontes

Sapos e bruxas, mouchos e crujas,
demonhos, trasgos e dianhos,
spírtos das eneboadas beigas,
corvos, pegas e meigas,
feitiços das mezinheiras,
lume andante dos podres canhotos furados,
luzinha dos bichos andantes,
luz de mortos penantes,
mau olhado, negra inveija,
ar de mortos, trevões e raios,
uivar de cão, piar de moucho,
pecadora língua de má mulher
casada cum home belho.
Vade retro, Satanás,
prás pedras cagadeiras!
Lume de cadávres ardentes,
mutilados corpos dos indecentes peidos de infernais cus.
Barriga inútil de mulher solteira,
miar de gatos que andam à janeira,
guedelha porca de cabra mal parida!
Com esta culher levantarei labaredas deste lume,
que se parece co do Inferno.
Fugirão daqui as bruxas,
por riba de silbaredos e por baixo de carbalhedos,
a cabalo na sua bassoira de gesta,
pra se juntarem nos campos de Gualdim.
pra se banharem na fonte do areal do Pereira...
Oubide! Oubide
os rugidos das que estão a arder nesta caldeira de lume.
E cando esta mistela baixe polas nossas gorjas,
ficaremos libres dos males e de todo o embruxamento.
Forças do ar, terra, mar e lume,
a vós requero esta chamada:
Se é verdade que tendes mais poder
que as humanas gentes,
fazei que os spírtos ausentes
dos amigos que andam fora
participem connosco desta queimada!
 
Lina Moniz